Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Estrutura Administrativa
Início do conteúdo da página

Estrutura Administrativa

Publicado: Sábado, 30 de Setembro de 2017, 15h58 | Última atualização em Terça, 03 de Outubro de 2017, 17h44 | Acessos: 82

Na conformidade da Lei Municipal nº 275, de 14 de fevereiro de 2005, alterada pela Lei Municipal nº 315, de 04 de julho de 2006, a Câmara Municipal de Valente tem os seguintes órgãos:

1. Gabinete do Presidente

2. Diretoria Administrativa Financeira

3. Diretoria Legislativa

4. Controladoria Interna

Conheça aqui os titulares dos
Órgãos da Câmara Municipal

O Gabinete da Presidência tem a finalidade de assistir diretamente o Presidente da Câmara, no desempenho de suas atribuições regimentais e administrativas, bem como coordenar e executar a representação do Presidente com a sociedade.

As atividades do Gabinete da Presidência serão dirigidas por um Assessor de livre nomeação e exoneração, por parte do Presidente da Câmara de Vereadores.

A Diretoria Administrativa e Financeira tem a finalidade de planejar, coordenar e controlar as atividades de administração geral, inclusive de desenvolvimento de pessoal, bem como coordenar e executar as funções de administração financeira e contábil da Câmara Municipal.

A Diretoria Administrativa e Financeira tem a seguinte estrutura:

 I - Setor de Recursos Humanos;

II - Setor Contábil;

III - Setor de Material, Patrimônio e Serviços Gerais.

À Diretoria Legislativa compete controlar, assessorar permanentemente durante as sessões plenárias e as atividades de apoio ao desenvolvimento dos trabalhos legislativos.

A Diretoria Legislativa tem a seguinte estrutura:

I - Assessoria de apoio às Comissões;

II - Assessoria de apoio ao Plenário.

A Controladoria Interna, que será ocupada por servidor de carreira da Câmara Municipal, e é o Órgão Central de Controle Interno do Poder Legislativo, com total autonomia funcional, responsável pela expedição de atos normativos e regulamentadores dos procedimentos de controle. É unidade administrativa para integrar os procedimentos de controle e fiscalização e ainda consolidar as informações de gestão orçamentária, financeira, patrimonial e operacional, com a finalidade de atestar a legalidade, a legitimidade, a economicidade, a eficiência e a eficácia dos programas de governo; podendo também fazer controle exercido com metodologia de auditoria no âmbito da Câmara Municipal.

registrado em:
Fim do conteúdo da página